Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility VOLTA ÀS AULAS DO 2º SEMESTRE LETIVO – Sistema Piaget
Categorias
Uncategorized

VOLTA ÀS AULAS DO 2º SEMESTRE LETIVO

VOLTA ÀS AULAS DO 2º SEMESTRE LETIVO

Dicas para a readaptação

Pedagógico

Por Maria Luísa Silvestre e Fernando Farina

Mesmo em tempos de pandemia, que exigem distanciamento social e tornam menores as chances de viagens, as férias são sempre boas, tanto para o descanso quanto para outras atividades que, normalmente, não fazem parte da rotina.

Porém, o retorno às aulas traz alguns problemas para os alunos. Além da rotina perdida de horários pré-estabelecidos, os alunos sentem a ansiedade pelo que vão encontrar, o que deles será cobrado, se poderão ou não se adaptar novamente.

Evitar o transtorno da retomada depende muito da atuação da escola e dos professores, a comunidade escolar deve ser preparada para recebê-los com um acolhimento especial.

RECEPÇÃO INTERATIVA E ACOLHEDORA

E para criar um ambiente acolhedor, a escola precisa interagir com os alunos. Organizar mensagens de boas-vindas e colocá-las em diferentes espaços da escola fortalece os laços afetivos entre os alunos e a escola, elemento essencial para que o retorno seja visto como algo prazeroso. Os professores devem demonstrar felicidade por rever seus alunos. A sala de aula deve estar arrumada e preparada com elementos que revelem união, solidariedade, apoio, carinho. E se não for em cartazes, porque não mensagens no meio digital? É muito bom se sentir bem recebido.

Porém o mais importante nesse retorno é ouvir os alunos. Se não viajaram, o que puderam fazer? Brincaram ou se divertiram de que maneira? Os alunos das séries iniciais poderão desenhar algo de que mais gostaram das suas férias e, depois, explicar para os colegas o seu desenho. Os maiores poderão participar de uma roda de conversa em que cada um contará um pouco do que fizeram.

Os alunos também se sentem mais seguros quando sabem o que está planejado para os trabalhos e estudos. O professor deve, resumidamente, apresentar as propostas da sua disciplina e da escola para o semestre que se inicia. E também pedir a opinião deles, aceitar sugestões. Essa interação, sem dúvida, aumenta o interesse e a vontade de participar.

 E mais: a escola deverá ser divertida, um lugar agradável para estar. Por mais responsabilidades que se tenha dentro dela, o lúdico precisa estar sempre presente, os jogos, a música, as brincadeiras:

TODOS PODERÃO FREQUENTAR AS AULAS PRESENCIAIS

Antes, muitos alunos participavam do esquema de revezamento de aulas presenciais e online. Alguns só faziam aulas online. Agora, com todo o cuidado de higiene e uso de máscaras, todos poderão ter aulas na escola. Para alguns é muita mudança.

Há ainda o medo da doença, da contaminação. O receio dos adultos influencia diretamente as crianças e adolescentes, portanto os professores terão de lidar com níveis diferentes de ansiedade, pois os alunos trarão de casa toda uma bagagem do que vivenciaram e vivenciam desde o início da pandemia.

A melhor forma de acolher os pequenos ou mesmo os maiores é ajudá-los a lidar com os próprios sentimentos, proporcionando momentos de conversa, de escuta individual e coletiva. É importante compreender os sentimentos deles e oferecer muito carinho. Além disso, o zelo pela segurança e pela saúde dentro da escola trará para eles também mais confiança e segurança.

CONTEÚDO PEDAGÓGICO

Não podemos negar que a pandemia acentuou a diferença entre aqueles que tinham mais dificuldades de aprender; exigiu um novo educador, que precisou se reinventar, teve que se adaptar às novas tecnologias, novas metodologias, transformando-se. Agora, é preciso estabelecer metas de aprendizagem para alunos com níveis de aprendizado diferentes.

Adequar o aprendizado significa ter o foco no ensino do que é mais importante, desenvolver as habilidades socioemocionais previstas na BNCC, reorganizar conteúdos de acordo com a nova realidade educacional e adaptar objetivos.

Neste retorno, o professor deverá avaliar os alunos e criar estratégias de revisão e recuperação dos conteúdos, sempre de forma interativa e contextualizada.

REVISITAÇÃO DO PLANEJAMENTO ANUAL

Uma atuação relevante dos professores neste momento é revisitar o planejamento do ano e repensar as atividades previstas para o restante de 2021, visando estabelecer quais delas poderão ser canceladas, quais serão modificadas e quais serão mantidas. Como já comentamos, a participação dos alunos nesse processo deve ocorrer, mesmo que de forma parcial.

Os temas de projetos e de pesquisas, os livros para as leituras obrigatórias poderão sim ser escolhidos pelos alunos, sempre com a orientação e aconselhamento dos professores.

Portanto, para um 2º semestre produtivo, que motive os alunos e torne o aprendizado mais significativo, os professores precisarão sempre estar atentos para a possibilidade de flexibilizar os conteúdos, optando pelo que for essencial e de interesse dos estudantes.

Gostou das dicas? Conte para nós aqui nos comentários!

Saiba como o SIstema Piaget pode ajudar a sua escola: entre em contato com nossos consultores através do WhatsApp!

Continue acompanhando nosso blog, pois estamos sempre trabalhando para informar e trazer novidades à comunidade escolar e oferecer soluções para a sua escola. Acompanhe também nossas redes sociais e fique por dentro de tudo o que acontece na Educação!

Receba nossa newsletter!